Boas vindas

Que todos possam, como estou fazendo, espalharem pingos e respingos de suas memórias.
Passando para as novas gerações o belo que a gente viveu.
(José Milbs, editor)

13.3.07

OS 60 ANOS DE VIDA DE UMA EDUCADORA

Dia 7 de março de 2007 foi comemorado os sessenta anos de existência da Educadora macaense Lucia Maria Coelho de Lacerda Gama. Com a presença de suas amigas, colegas de longas jornadas e cercada pelo carinho de seus filhos e netos, ela foi efusivamente homenageada. Durante sua trajetória de vida pela Educação e pela valorização do Ensino Público, Lúcia a iniciou aos 17 anos. Sempre estudando em Colégios Públicos, onde seus filhos e netos também estudam, ela não pode ingressar, mesmo formada e sendo classficada, na Educação Pública como Professora. Tinha apenas 17 anos.
Ingresssando no Magistério, formando-se em mestre em Pedagogia, percorreu todas as escadas da vida Educacional com maestria e companheirismo. Respeitada pelos seus colegas e amada pelos seus alunos chegou, em eleições diretas a direção do maior Colégio Público da regiâo. No Colégio Estadual Luiz Reid, onde soube dirigir com brilho e sempre voltada para a valorização do Ensino Público, Lucia Gama deixou grandes amigos e seu nome está perpetuado em uma simples, mais inesquecível homenagem, sala que leva seu nome.
Aposentada, ainda jovem, foi convidada para ser a Coordenadora da Região Norte II da Educação e, aceitando, transformou sua gestão numa constante presença de Integração Social entre professores e funcionários de apoio onde sempre conserva amigas e amigos.
O carinho e o respeito que Lúcia mantinha com as pessoas humildes dos setores mais simples da educação, era sempre realçado quando de suas visitas aos estabelecimentos que lhes eram subordinados.
Era na cozinha, nas escadarias onde eram limpos os Colégios que a Coordenadora Lúcia Gama recebia os mais belos afagos. Pessoas que a acompanharam ao longo dos anos em que serviu ao Estado e a educação Publica vinham aos beijos e abraços. Foi assim que esta, hoje senhora de 60 anos, soube manter acesso a chama do Amor ao Ensino Público e o respeito por todos que vivem nas Comunidades Educacionais da Região Norte do Rio de Janeiro...
A tarde ainda recebia os últimos raios de Sol na Estância Vista Alegre, quando a Dra. Ana Cristina Coelho de Lacerda Gama, Farmacêutica ( e por que mais?), junto com suas filhas Mariana 12 , Ana Clara 9 e João Pedro de Lacerda Gama Soares 4, preparavam a surpresa da comemoração.
Telefones para uns, idas e vindas para outros e, as 19 horas as amigas iam chegando, carros se espalhando pelo quintal, braços transportando salgados, doces e bebidas. Estava sendo comemorado os 60 anos de uma das mais festejadas e respeitadas Educadoras do Municipio de Macaé. Não vou citar nomes das pessoas presentes por que isto pode ocasionar algum esquecimento e a memória, aos quase 70 anos, não pode ser clicada como seria aos 19 quando tive a felicidade de conhecer a homenageada e ser parceiro de muitas alegrias e tristezas no decurso da vida. Altos e baixos, alegrias e tristezas cimentam a existência e forma a certeza do passamento e viver...
Lucia Gama pode ter uma certeza que poucas pessoas podem ter em vida: Na plenitude de um cargo de Coordenadora muitos, como ela, recebem homenagens em dias de "niver". Agora, receber o que ela recebeu, com a presença de tantas ex- servidores e tantas amigas é muito dificil e confortante.
Parabéns de "O REBATE", jornal que, nos anos 60 e 70 noticiou nascimentos e gestos trejeitos de seus filhos e amigos e que ela acompanhou nos altos e baixos de uma existência buscando a Verdade, somente a Verdade...
Fazer História, participar dela, poder escrever e ainda as ler, são belezas e riquezas que poucos podem e merecem ter". Acumulei estes bens durante minha vida e será a minha herança aos filhos e netos . (José Milbs de Lacerda Gama)...

4 comentários:

Leo Lopes de disse...

Caro José Milbs,
Li seu artigo em homenagem aos 60 anos de Lúcia.
Homenagem muito justa.Como colega de turma da Lúcia nos quatro anos do curso ginasial do "Luiz Reid", pude acompanhar a excelente aluna que se transformou em professora de escol.
Associo-me àqueles que,como você, prestaram a devida homenagem a ela.
Um grande abraço,
Léo Lopes de Figueiredo

Marisa Zanirato disse...

Caro Milbs,
Cumprimentos à dona Lúcia pelas 60 anos de vida e brilhantes realizações, e a você por esta linda homenagem que presta à aniversariante.
Abraços,
Marisa.

claudinei p disse...

Olá amigo JMilbs,isto que é uma homenagem,pois pessoas semelhante a Lúcia naõ pode ficar apagada em nossas memorias,e temos e da honra a quem merece honra,glória a quem merece glória e Ela merece a nossa honra ,e vc merece nosso apoio , respeito e carinho pois agregando-se a vc ,só podemos esperar coisas boas,e por isto estamos congratulando com a Lucia nesta homenagem,um gande abraço MILBS.

Renato disse...

meu caro amigo José Milbs, eu tive a honra de frequentar os bancos escolares com a homenageada. Lúcia é sinônimo de alegria com aquele largo sorriso, conquistava todos com muita amizade, como disse meu amigo Léo, foi sempre uma excelente aluna e só poderia resultar numa ótima professôra, essa homenagem é muita justa, um grande abraço de Renato Patrocínio